Entenda a burocracia envolvida no aluguel de maquinário de logística

  1. burocracia-na-locação

Alugar equipamentos é sempre uma alternativa interessante para as empresas que desejam reduzir seus custos. Sem contar que isso ainda permite que os empresários tenham menos preocupações, pois não é preciso realizar manutenções regulares ou correr o risco de ficar na mão em meio a uma atividade importante para a companhia.

Porém, antes de partir para o aluguel dos equipamentos, é preciso compreender que existem regras no mercado de locação, obrigando tanto o locador quanto o locatário a cumprirem etapas e os informando sobre seus direitos. Entender essa burocracia ajuda uma empresa a manter a boa relação com os fornecedores e assegura que a experiência no aluguel de maquinários seja satisfatória.

Quer fica por dentro desse processo? Então confira agora mesmo nosso post de hoje:

Panorama geral

Alguns itens são importantíssimos para entender como funciona o mercado de aluguel de maquinário. Essa burocracia é uma forma de garantir que ambos os lados da negociação tenham seus interesses atendidos. Dentre os procedimentos padrões, exige-se o cumprimento de prazos, a definição das cláusulas contratuais e a certeza de receber o que foi pedido e de devolver o equipamento em boas condições.

Empresas que já têm experiência no aluguel de maquinário estão familiarizadas com as exigências das locadoras, mas para aqueles que resolveram partir agora para a locação é necessário saber melhor como funciona esse sistema e quais são as principais exigências do mercado.

Busca por fornecedor

Existem no mercado diversas opções para o aluguel de equipamentos, desde empresas especializadas nesse tipo de serviço até pessoas que possuem o material necessário. Consequentemente, existem várias ofertas de maquinários e preços. Assim, pesquisar sobre quem será o seu fornecedor e a sua atuação no mercado apontará onde é melhor fazer a locação.

Após escolher de qual empresa fará o aluguel, solicite um orçamento. Nessa etapa, não se esqueça de passar todas as informações necessárias, como o tempo de necessitará do equipamento, se será entrega ou retirada e se o maquinário atende os requisitos desejados. Caso o orçamento não contemple as suas necessidades, comunique o fornecedor.

É importante lembrar que algumas empresas podem vir a vincular a locação de maquinários a um pedido de aprovação de cadastro e análise de crédito. Fique atento a essas exigências.

Fechamento de negócio

A disponibilidade de um equipamento varia de acordo com o interesse de locatários e a quantidade existente no estoque de um fornecedor. Para não correr o risco de ficar sem o maquinário orçado, solicite uma reserva. Em caso de desistência no aluguel, é possível que a empresa locadora cobre uma taxa pela não realização do negócio e o tempo em que o equipamento ficou disponível para você.

Leia o contrato com bastante atenção e confira as cláusulas. Tenha certeza de que está contratando o serviço que necessita. É importante que o contrato garanta que, caso o equipamento não funcione, seja trocado ou a locadora garantirá a manutenção. Essa é uma forma de resguardar a sua empresa e garantir que não ficará com o serviço parado.

Realizar o seguro do equipamento alugado é sempre uma alternativa interessante, pois contratempos podem vir a acontecer. Em caso de algum dano ou até mesmo roubo do maquinário, o serviço de seguro garante o ressarcimento da locadora sem que isso represente grande prejuízo à sua empresa.

Conclusão do serviço

Durante o aluguel de um equipamento, existem dois momentos em que é necessária a atenção do empresário. Na hora de contar com o maquinário, é necessário decidir se irá retirá-lo ou a locadora fará a entrega. Na primeira opção, cumpra o combinado: vá pessoalmente ou envie o funcionário designado para a função. Já na segunda opção, garanta que terá alguém para receber o produto no horário combinado.

Em ambos os casos faça uma checagem do equipamento. Confira se todos os itens estão conforme o contrato e se ele está em funcionamento. Caso ocorra algum imprevisto, solicite a troca do maquinário. Esse mesmo processo deve ser feito na hora da devolução. Garanta que o equipamento retornará nas mesmas condições em que foi alugado e que a entrega dele ocorra dentro dos prazos combinados.

Qual a sua experiência no aluguel de equipamentos? O que te levou a escolher a locação de maquinários? Conte pra gente nos comentários!

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *