Conheça os principais indicadores de desempenho da logística

  1. kpi-indicadores-de-performance

Os indicadores de desempenho — ou Key Performance Indicators, KPI — são ferramentas extremamente úteis para a avaliação dos processos de uma empresa por parte de seu gestor. Os dados por eles gerados podem refletir como anda a eficiência da organização em praticamente todos os seus aspectos, de modo que o administrador do negócio identifique possibilidades de aprimoramento conforme as estratégias e metas previamente elaboradas.

Na logística, um monitoramento de alto nível, com indicadores de diversas ordens, pode trazer informações preciosas para que o resultado dos serviços seja otimizado ao seu máximo. Nesse segmento, há indicadores aplicáveis aos meios de transporte, ao tempo de deslocamento, ao controle dos pedidos e muito mais. Que tal conhecer alguns desses indicadores de desempenho para descobrir se algum se adequa aos seus processos logísticos? Então confira já nosso artigo:

Indicador do pedido perfeito

Uma das métricas apuradas indica o percentual de pedidos entregues no prazo ajustado com os clientes, desde que os produtos tenham chegado sem avarias ou outros maiores contratempos. O foco aqui é a alta eficiência logística dos despachos, na perspectiva de satisfação do cliente, independentemente dos custos exigidos para tal resultado. A fórmula consiste em multiplicar o número de pedidos entregues ao destino corretamente por 100, dividindo-se esse produto pela quantidade integral de pedidos expedidos. E aí está uma métrica super importante para o acompanhamento adequado de suas encomendas.

Participação percentual do custo de transporte

Aqui se multiplica o custo total do transporte das mercadorias aos destinatários por 100, para, depois, dividir o resultado pela receita de vendas obtida. Com uma frequência mensal dessa medição, o gestor conseguirá analisar o impacto que as despesas de transportes efetivamente têm no faturamento da empresa, a fim de implementar melhorias visando o aumento dessa receita líquida ao final do processo.

Manutenção de avarias na frota

Aferir os estragos ocorridos durante as operações de transporte proporciona uma interessante base para o gestor entender não só o grau de operacionalidade de sua mão de obra, mas os indícios mais palpáveis do desgaste dos veículos utilizados nos traslados de mercadorias. A fórmula desse indicador toma forma a partir da multiplicação das avarias no transporte (valor em reais) por 100, dividindo-se esse montante pelo valor total das mercadorias transportadas (também em reais). Se essa avaliação mensal gerar uma taxa entre 0,1% e 0,5% do valor total transportado, está na média das ações logísticas das empresas do país.

Utilização da capacidade de carga

Esse indicador mostra se os espaços dentro do veículo estão realmente sendo bem aproveitados ou não quando se vai cumprir os deslocamentos até os destinos das encomendas. Pega-se a carga total transportada (volume em toneladas ou metros cúbicos) e, mais uma vez, multiplica-se por 100, dividindo-se o resultado, em seguida, pela capacidade teórica do veículo analisado (de novo em toneladas ou metros cúbicos). Uma baixa eficácia nesse quesito pode significar que o veículo está sendo subaproveitado. Sendo assim, talvez outro modal ou veículo seja mais indicado para, ao menos, parte de sua logística.

Tempo do ciclo de logística reversa

Índice que consiste no tempo entre a identificação do objeto como parte do fluxo de logística reversa na empresa e o efetivo encaminhamento para o estoque, troca ou outro procedimento afim, que resolva o problema na pós-venda. Sua fórmula corresponde a uma subtração: a data ou hora de conclusão do encaminhamento do produto menos a data ou hora de entrada do objeto no fluxo reverso da logística da empresa. E pronto! Aí se tem mais uma métrica para auxiliar nas implementações de melhorias nos processos.

Tempo de ciclo do pedido

Um dos mais importantes parâmetros da empresa é o tempo decorrido entre a conclusão de compra pelo cliente, com a efetiva elaboração do pedido, e a data de entrega da remessa no endereço solicitado. O cumprimento dos prazos combinados com os consumidores é de suma importância para que as vendas da empresa continuem a ser realizadas, podendo até mesmo ser um diferencial no mercado. Exatamente por isso esse deve ser um dos indicadores mais bem monitorados na organização.

Os indicadores de desempenho devem ser regularmente aferidos pelo gestor ou pela equipe encarregada de fazê-lo, a fim de que os dados gerados estejam constantemente atualizados e para que seja viável o diagnóstico de eventuais falhas ou variações nos processos logísticos.

Agora comente aqui e nos conte: quais KPIs você acompanha em sua empresa? Como andam seus indicadores de desempenho ultimamente? Compartilhe suas experiências conosco!

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *