Como o hackathon pode inovar seus processos logísticos?

  1. como-o-hackathon-pode-inovar-seus-processos-logisticos.jpeg

A era tecnológica é uma realidade marcante nos dias de hoje, presente em tudo que se relaciona com o mundo dos negócios. Cientes disso, eventos entorno desse assunto se difundem cada vez mais, chamando atenção — tanto de empresários quanto de clientes. Nesse sentido, o Hackathon é o modelo mais comentado, se popularizando cada vez mais pelos seus benefícios.

Originado pela junção das palavras hack (programar de forma excepcional) e marathon (maratona), esse evento reúne experts no mundo de desenvolvimento de softwares, no intuito de buscar maneiras para solucionar problemas ou aplicar ideias ao redor de aplicações de programação.

Vamos entender um pouco mais sobre isso?

Enfim, o que é um Hackathon?

Depois do surgimento, na década de 1990, esse evento tem ganhado uma popularidade muito grande pelo fato de ajudar as companhias com seu desenvolvimento e crescimento.

Criando um Hackathon, é iniciada uma competição entre vários grupos de pessoas, com um único intuito: desenvolver as melhores soluções para dar continuidade a cultura da inovação no mundo digital.

A maratona, em geral, dura entre um dia e uma semana. Ambas partes saem com benefícios. Desenvolvedores fazem network e participam de projetos colaborativos, enquanto o solicitante alcança o objetivo para qual foi criado o evento.

Como tirar benefícios do Hackathon?

Como premissa básica, o evento não é criado visando lucro. Criatividade e cooperação são as peças chaves a serem trabalhadas. A competitividade serve para que os grupos se impulsionem a sobressair e se destacar, sabendo que a vitória ocorre pela realização do projeto — e não pela derrota do outro grupo.

Tendo isso em mente, a empresa deve definir o objetivo final, norteando os participantes e evitando limitar a criatividade. Estabelecer metas é sempre a melhor opção para alcançar o objetivo para qual a maratona foi criada, então, o mais importante é definir um propósito para o Hackathon.

Daí, surgem os ideais de como identificar pessoas com potencial profissional, melhorar a imagem da empresa junto aos desenvolvedores, identificar e aprender a criar soluções para problemas complexos que a empresa lida.

Empresas já usam essa prática no Brasil?

É sempre bom ter referências de empresas que utilizam do Hackathon — para verificar aplicações práticas dos benefícios que podem ser alcançados. Vejamos abaixo:

Scania, uma das principais fabricantes mundiais de caminhões pesados, tem a prática de promover maratonas onde estudantes tem o objetivo de desenvolver soluções inovadoras no setor logístico. Eles acreditam que investir em Hackathons abre espaço para a criação de novos projetos. O último evento aconteceu em outubro de 2016.

Já a BRFTrack, que advém da empresa alimentícia BRF, promoveu um Hackathon com o intuito de abrir espaço para a criação de soluções relacionadas com o futuro da indústria. O evento teve parceria de empresas como IBM, que ofereceu como base sua plataforma “Bluemix”. Neste caso, os vencedores desenvolveram um sistema que mostra informações sobre os produtos, fornecedores e produção — até chegarem às prateleiras do supermercado.

Devo promover um evento?

Acreditamos que toda empresa aberta a novas experiências de crescimento e melhoria, deve investir em planejamentos de sucesso. O Hackathon tem se mostrado muito eficaz, com resultados em negócios de pequeno, médio e grande portes.

Uma maratona que visa crescimento para todos aqueles que participam, trazendo soluções, inspirações, crescimentos e, por consequência, evolução é capaz de prometer e cumprir o seu papel de maneira criativa e eficaz.

E então, gostou do nosso artigo? Assine nossa newsletter e esteja sempre por dentro de todas as novidades do mercado!

Comentários

comentários

Posted in:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *