Como a logística reversa ajuda na sustentabilidade de sua empresa?

  1. como-a-logistica-reversa-ajuda-na-sustentabilidade-de-sua-empresa.jpeg

A logística reversa é um importante conceito que deve ser compreendido por todos os gestores de empresas, pois suas ações são recorrentes no ambiente comercial. É importante não somente entender o que ela significa, mas também compreender como ela pode ser integrada às praticas de economia sustentável.

Lembre que se sua empresa adota práticas ecologicamente corretas, ela está aumentando seu potencial competitivo dentro de um mercado muito concorrido!

O que é logística reversa?

O instrumento da logística reversa é definido na Lei 12.305/10 como “instrumento de desenvolvimento econômico e social caracterizado por um conjunto de ações, procedimentos e meios destinados a viabilizar a coleta e a restituição dos resíduos sólidos ao setor empresarial, para reaproveitamento, em seu ciclo ou em outros ciclos produtivos, ou outra destinação final ambientalmente adequada”.

A logística reversa está relacionada à responsabilidade que as empresas têm com o ciclo de vida dos produtos e o impacto ambiental que ele pode causar.

Enquanto a logística corresponde ao conjunto de processos que conduzem o produto do seu ponto de origem ao seu ponto de consumo (destino final), a logística reversa equivale ao conjunto de operações que fazem o caminho inverso (o produto sai das mãos do consumidor e retorna ao ponto de produção/venda).

Quais as formas de implantar a logística reversa?

Mais uma vez, a própria lei determina as formas de implantação da logística reversa:

  • Regulamento expedido pelo Poder Público: a implantação acontece diretamente através de regulamento veiculado por decreto e editado pelo Poder Executivo (nesse caso, haverá consulta pública e avaliação da viabilidade técnica e econômica de implantar o sistema);
  • Acordos setoriais: contratos firmados entre o Poder Público e os fabricantes, importadores, distribuidores ou comerciantes;
  • Termos de compromisso: celebrados entre o Poder Público e fabricantes, importadores, distribuidores ou comerciantes em 2 hipóteses:
  1. Quando não houver em uma mesma área de abrangência acordo setorial ou regulamento específico;
  2. Para o cumprimento de metas e compromissos mais exigentes que aqueles que são definidos em acordos setoriais ou regulamentos.

Em que tipos de produtos pode ser usada?

A logística reversa deve lidar com os seguintes produtos:

  • Pneus;
  • Pilhas e baterias;
  • Lâmpadas fluorescentes, de mercúrio e vapor de sódio;
  • Embalagens e resíduos de agrotóxicos;
  • Óleos lubrificantes automotivos;
  • Eletrodomésticos;
  • Peças e equipamentos eletrônicos e de informática.

O que fazer com os produtos coletados?

Os consumidores devem devolver os produtos que não são mais utilizados em postos específicos de coleta, definidos pelos comerciantes. As indústrias devem recolher esses produtos mediante um sistema de logística reversa e dar início a um processo de reciclagem ou reutilização. O poder administrativo deve, por sua vez, desenvolver campanhas de conscientização e educação para o público em geral e fiscalizar a execução das etapas da logística reversa.

O sistema de logística reversa (coleta e encaminhamento para o destino adequado) acontecerá geralmente em 2 casos:

  • Produtos novos, mas que apresentam defeitos (ou mesmo que não agradaram o cliente) e deverão ser trocados;
  • Produtos que encerraram seu ciclo de vida e devem ser recuperados.

Qual a importância para a cultura ambiental da empresa?

A logística reversa é fundamental para aprimorar ainda mais a cultura ambiental da empresa. Educam-se os colaboradores e toda a população sobre a necessidade de reduzir os impactos ambientais provocados pelo descarte indevido de certos produtos, contribuindo assim para um balanço ambiental positivo e para otimizar a qualidade de vida de todas as pessoas. 

As empresas que implantarem o sistema estarão ajudando no desenvolvimento de um planeta mais sustentável, a partir do momento em que reutiliza matérias-primas e reduz seu consumo.

Para mais informações sore logística reversa, leia o post “Logística e meio ambiente: 5 práticas sustentáveis para você adotar agora!”

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *