Aprenda a organizar o estoque da sua empresa

  1. Aprenda-a-organizar-o-estoque-da-sua-empresa

O estoque é uma área operacional diretamente ligada à logística que, quando mal gerida, gera impactos que podem afetar significativamente a saúde financeira de uma empresa, independentemente de seu porte e de sua área de atuação. Assim, manter o estoque organizado é uma questão que vai muito além de otimizar as rotinas de trabalho. Organizar o estoque se traduz como preocupação real com o capital de giro da empresa. Mas a grande questão é: que medidas o gestor pode adotar para contribuir para a organização do estoque e a resolução de problemas de gestão? Pois é exatamente sobre isso que falaremos no post de hoje. Então não perca:

Comece pelo mais básico

O primeiro passo para começar a organizar o estoque é efetivamente colocando a mão na massa, já que para se ter uma gestão de estoque eficiente é necessário, antes de mais nada, manter o estoque em ordem. Essa é a hora de organizar os itens dentro do estoque por tipo, por giro, por validade e por locação. Para isso, é necessário primeiramente criar um código de identificação para cada produto e evitar que cada um deles receba mais de um código, ajudando a evitar furos e duplicidades. Posteriormente, é necessário ligar cada um desses códigos a uma espécie de endereço dentro do estoque, apontando para o lugar onde cada item deve estar alocado. Desenvolver bem esse começo já facilita enormemente a visualização e a localização dos materiais, o que se traduz em eficiência e produtividade.

Faça uma boa gestão das compras

Para que seu estoque seja adequadamente gerido, é essencial que o setor de compras saiba quais produtos comprar e exatamente em quais quantidades. Mas para que esse setor consiga fazer as compras corretamente, a gestão de estoque deve fornecer informações precisas, indicando o ponto de ressuprimento de determinado item e qual é o giro dele dentro do estoque, por exemplo. E isso só é possível se o estoque é bem organizado e controlado. Assim, é vital que o fluxo de informações entre esses dois setores seja constante, para que os processos se alinhem de modo que só se compre realmente o que é necessário. Dessa forma, sua empresa não corre o risco de sofrer com excesso de mercadorias armazenadas e nem de deixar de vender por falta de itens em estoque.

Mantenha o controle de tudo

Alguns controles, como certos indicadores, podem, sim, ser feitos manualmente, mas o ideal é que sua empresa automatize os processos utilizando um software eficiente. A verdade é que um bom sistema de informações é capaz de controlar questões relacionadas à periodicidade de reposição, ao giro dos itens e até mesmo aos inventários. A utilização de um sistema de informação, além de tornar os processos mais ágeis e contribuir para o aumento da produtividade, faz com que as atividades se tornem mais confiáveis, já que diminui a possibilidade de erros. Isso sem contar que os controles e relatórios gerenciais permitem que o gestor tenha uma visão mais ampla sobre todo o processo, desenvolvendo uma base sólida para compreender quais pontos precisam de melhorias e para tomar cada vez melhores decisões.

Agora que você já sabe que existem formas bem simples de começar a organizar seu estoque, comente aqui e nos conte como anda esse setor na sua empresa! Ainda está atolado em processos manuais pra lá de arcaicos ou já conta a ajuda de um software especializado? Compartilhe suas experiências conosco!

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *