Afinal, o que é Logística Lean?

  1. afinal-o-que-e-logistica-lean.jpeg

Nos últimos anos, pode-se perceber que os processos logísticos têm se desenvolvido de maneira a extrapolar o nível operacional, para fazer parte da estratégia das empresas. Nesse sentido, surge a Logística Lean e a otimização dos métodos de trabalho, que acabam por ajudar a aprimorar os resultados do negócio.

A seguir, vamos explorar melhor o tema, explicando o conceito, a aplicação e as vantagens que podem ser obtidas com a implantação. Continue com a leitura e confira agora mesmo!

Qual é o conceito da Logística Lean?

A Logística Lean se baseia no sistema de produção enxuta, desenvolvido pela Toyota. A ideia é identificar os processos e produtos que realmente agregam valor ao resultado final, entregando apenas o que eles estão dispostos a pagar — lembrando que os conceitos de valor e preço são diferentes. Consumidores pagam mais por algo que percebem um diferencial.

Além disso, outro objetivo dessa nova logística é promover a redução de desperdícios ao longo do ciclo do pedido, de ponta a ponta.

Como ela pode ser aplicada?

Para implementar a Logística Lean, é preciso levar em consideração 3 premissas básicas:

  • A gestão de um estoque mínimo: mantendo apenas o necessário para garantir as demandas, equilibrando a composição para evitar faltas e excessos;
  • O atendimento das necessidades que os clientes possuem: agregando valor aos produtos e serviços;
  • Otimização do fluxo de entrega.

Contudo, vale ressaltar que a aplicação desses princípios é mais complexa do que parece. Ou seja, é preciso ir muito além de reduzir o estoque, compreender e atender os clientes e aumentar a frequência em que a distribuição é realizada. É preciso integrar os processos, de forma que seja possível alcançar a sinergia ao longo da cadeia — o que envolve fornecedores e transportadores.

Sendo assim, pode-se dizer que os parceiros de negócio também precisam estar engajados com os objetivos da empresa, alinhando as questões internas com as externas e garantindo os melhores resultados possíveis.

Portanto, para que a Logística Lean seja adotada com eficácia, é necessário superar os desafios de nivelar os processos, criar um sistema de estoque puxado (Kanban) e conseguir realizar as entregas em pequenos lotes, sem comprometer a ocupação dos veículos (Milk Run).

Quais vantagens ela proporciona para as empresas?

Apesar da complexidade, quando a Logística Lean é adotada, ela consegue proporcionar diversos benefícios para o negócio.. Dentre os principais, podemos citar:

  • Redução de custos: alcançada por meio da redução de desperdícios, eliminação de tarefas desnecessárias e otimização dos recursos;
  • Aumento da produtividade: com a melhoria dos processos;
  • Otimização do layout no ambiente de trabalho: sequenciando atividades e aproximando atividades e setores que possuem trabalhos relacionados. Isso ajuda a reduzir o tempo de execução e cria um método de abastecimento eficiente.

Quando se trata de satisfazer as necessidades dos clientes, a Logística Lean se torna um método muito eficaz, além de ainda ajudar na melhoria das relações comerciais da empresa e aprimorar os métodos de trabalho — o que reflete positivamente nos resultados organizacionais, de maneira geral.

O que achou desse post? Suas dúvidas foram esclarecidas? Aproveite para seguir nossos perfis nas redes sociais (Facebook, Linkedin e Twitter) e ficar por dentro de todas as novidades!

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *