5 dicas para evitar acidentes de trabalho em logística

  1. 5-dicas-para-evitar-acidentes-de-trabalho-em-logistica.jpeg

O acidente de trabalho é um problema que infelizmente ainda afeta muitos trabalhadores e gera impactos para as empresas. Ao contrário do que muitos acreditam, os acidentes não ocorrem somente na linha de produção, mas também acontecem na área de logística.

Na maioria das vezes os acidentes acontecem por falta de atenção do funcionário, irresponsabilidade na hora de executar uma atividade colocando a sua vida e de outros colaboradores da empresa em risco.

Preparamos nesse artigo 5 dicas excelentes para evitar acidentes de trabalho na logística. Leia e confira!

1. Conscientize seu funcionário a utilizar Equipamento de Proteção Individual – EPIs

Os EPIs têm como objetivo garantir a segurança do trabalhador evitando acidentes e doenças ocupacionais. O uso de EPIs é obrigatório em todas as empresas e atividades que possam existir algum tipo de risco. São indispensáveis em fábricas, indústrias e também em centros de distribuição.  

Mas, na prática, o cenário muitas vezes é diferente: há uma grande rejeição na utilização deles por parte dos funcionários. Eles costumam reclamar que incomoda e atrapalha. É necessário conscientizar os colaboradores da responsabilidade na utilização dos EPIs, mostrar-lhes que realmente no início é desconfortável, mas depois com o tempo cria-se o hábito. É preciso ter disciplina e persistência.

Uma alternativa é solicitar para o técnico de segurança realizar auditorias frequentes e criar a conscientização do uso. E trabalhar com o engajamento da própria equipe de trabalho, para que exista a cobrança uns aos outros pela utilização.

2. Mapeie os locais de risco

mapa de risco é uma ferramenta de representação gráfica utilizada nas empresas para demonstrar as áreas de risco. Assim, são representados por círculos de diferentes tamanhos pequeno, médio e grande, e as cores de acordo com a categoria do risco. Quanto maior o círculo, mais o risco.

A responsabilidade em confeccionar os mapas de risco é da equipe da CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes) com a área do SESMT (Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho) e colaboradores que trabalham no dia a dia com diversos tipos de risco. Os mapas de risco precisam ser colocados em locais visíveis a todos.  

O objetivo do mapa de risco é reduzir os acidentes de trabalho e conscientizar o trabalhador a procurar alternativas e melhorias para reduzir os riscos.

3. Invista na manutenção dos equipamentos

Em um centro de distribuição, há vários equipamentos que são utilizados para movimentação dos produtos que causam acidentes de trabalho. São eles: veículos industriais e equipamentos de elevação. Desse modo, para garantir a segurança dos funcionários que operam esses equipamentos, é necessário realizar com frequência a manutenção preventiva.

É importante informar aos funcionários que, qualquer problema com algum dos equipamentos, eles não devem tentar consertar. É fundamental contatar empresas especializadas nesse tipo de manutenção, para evitar acidentes.

4. Envolva a CIPA

Em todas as ações necessárias que o assunto for segurança do trabalho é importante envolver o técnico de segurança e a CIPA para auxiliá-lo. É importante a CIPA ajudar a divulgar o conteúdo para sua equipe, fazer cartilhas educativas de prevenção de acidentes, realizar palestras de conscientização, investigar os acidentes, realizar auditorias com frequência.

5. Realize treinamento de segurança

Todos os colaboradores precisam ser treinados: no momento em que entram na empresa, reciclagens e quando irão executar uma nova atividade. Quando se trata da logística, é importante não se esquecer de treinar motoristas e ajudantes, os quais muitas vezes vão realizar uma descarga e precisam também utilizar EPIs e seguir as normas de segurança da empresa.

Uma opção é contratar uma empresa terceirizada no mercado que é especializada nesses tipos de treinamentos. Um bom treinamento faz com que o colaborador esteja preparado a realizar a atividade a qual ele foi designado da melhor forma possível, com segurança e evitando acidentes de trabalho.

O que achou das dicas para evitar acidentes de trabalho na logística? Deixe seu comentário abaixo.

Comentários

comentários

Posted in:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *