5 características que todo bom profissional de logística deve ter

  1. 5-caracteristicas-profissionais-logistica

O profissional responsável pela logística de uma empresa é quem aprimora o desempenho organizacional, gerencia sistemas de transporte, armazenamento, compras e distribuição de produtos. Tudo isso de forma a agregar pessoas em suas respectivas funções na cadeia de suprimentos, com atuação nos setores de controladoria, coordenação, expedição e almoxarifado, entre outros segmentos da logística. Além de tudo isso, o profissional dessa área ainda realiza o cálculo do frete e define a embalagem utilizada a fim de preservar o produto, sempre de olho no acompanhamento de pedidos e na reposição de estoque.

Para realizar tantas tarefas é preciso muito conhecimento técnico aliado a outras características pessoais, importantes para dar conta de tamanha complexidade. Algumas delas, ao contrário do que muita gente pensa, não precisam ser natas, mas podem ser desenvolvidas e aprimoradas com o tempo. O processo logístico tem se sofisticado e profissionais cada vez mais qualificados são exigidos e não apenas com qualidades operacionais, mas também estratégicas. Para exemplificar, separamos cinco delas que todo profissional de logística deve ter. Confira!

Liderança na gestão de pessoas

Liderança é mesmo a palavra-chave, já que o profissional de logística vai precisar lidar com várias equipes de setores diversos da empresa, fornecedores e clientes terceirizados. Boa comunicação, clareza nas mensagens e puxar a responsabilidade para si são essenciais. Como a logística é o centro das atenções da cadeia produtiva, saber se colocar no lugar de cada um e entender as funções que os indivíduos representam no processo ajuda a ter uma visão mais estratégica do negócio.

Conhecimento em outra língua

Não basta se expressar bem em sua língua nativa e usar isso como trunfo para a comunicação com os envolvidos. Saber outra língua, de preferência o Inglês (por ser a língua mais comum), abre portas nas empresas, principalmente nas multinacionais e não é mais um diferencial, mas requisito básico num cenário globalizado.

Capacidade analítica

Conhecimentos em estatística básica, ferramentas de qualidade total, custos e engenharia econômica ajudam a embasar o profissional a fazer as escolhas certas, ainda mais quando os custos representam um fator estratégico para as empresas obterem um diferencial competitivo. A capacidade analítica serve para identificar oportunidades e proteger a o negócio das ameaças do mercado.

Sensibilidade para o atendimento

Antecipar o que o cliente precisa para encantá-lo futuramente, verificando a melhor opção de transporte e negociando com fornecedores é um diferencial muito positivo. Conhecimentos de Marketing também são fundamentais para a obtenção de uma visão gerencial ampla do processo, entendendo as sazonalidade, campanhas de incentivos às vendas, análise SWOT etc, sempre visando o que o comprador espera de você.

Empreendedorismo

O mercado de logística, assim como o da internet, é muito dinâmico. Por isso, a capacidade de criar novos modelos de negócios e vender seu peixe conta muito, assim como arriscar-se em momentos de retração do mercado. Isso porque o empreendedor calcula os riscos, está respaldado em números, mas também conta com visão para as oportunidades futuras. O interesse por tecnologia também faz parte, pois não dá para ficar estagnado ao cenário atual. O bom empreendedor é curioso para saber o que está sendo desenvolvido e procura utilizar a tecnologia ao seu favor.

Nunca parar de estudar é a mola propulsora para todo profissional, que não deve se acomodar. Se curioso não só para aprender sobre sua área também deve fazer parte de uma formação multidisciplinar. E você, o que faz para ser o melhor profissional da sua área?

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *